Produtividade x Rentabilidade - A Agregação de Valor ao Nosso Negócio

Chegamos ao último texto desta série de pequenas dicas que podem nos ajudar a obter melhores resultados com a produtividade, a rentabilidade.

O que podemos considerar como uma boa produtividade? Ou um bom incremento de produtividade quando se compara duas escolhas diferentes de manejos e produtos?

Gosto de responder de forma enigmática “DEPENDE”. Tudo depende, mas de forma mais direta, posso afirmar com experiência de campo que fazer a coisa certa e investir em produtos de qualidade sempre se traduz em retorno positivo.

A Sementes Ceratti, por meio de seus consultores faz essas avaliações de resultado econômico em função dos manejos e produtos.




De forma geral, pegando como contexto o mercado atual de arroz no estado do Rio Grande do Sul, podemos afirmar que um acréscimo de produtividade de 7% (média de acréscimo de produtividade quando trabalhamos com semente de alta qualidade fisiológica, TISA e bom manejo de plantio) significa um acréscimo de rentabilidade que pode variar de 40-75%, isso em função do custo de produção de cada produtor e das produtividades obtidas.

Ou seja, produzindo 7% a mais de arroz, podemos lucrar o equivalente de até 75% à mais! Isso porque nossos custos fixos já estão definidos, e em geral nossa margem de lucro é baixa, desta forma, qualquer acréscimo além do previsto se traduz quase que em “ganho livre”.


Desta forma, esse último detalhe é muito mais para o produtor do que para a lavoura, vamos nos conscientizar, fazer contas e ficar atentos ao mercado, principalmente na compra de nossos insumos, lembrando que a “semente é o principal insumo da sua lavoura”.

 

A atividade orizícola exige cada vez mais, precisamos administrar custos investindo para maior eficiência buscando assim sustentabilidade no setor.

Agradeço à todos que nos acompanham e uma ótima safra.  

 

Um abraço!

 

  

Compartilhe este Post: